Tratamento para Dependentes do Álcool

Tratamento para Dependentes do Álcool


Alcoolismo é a dependência do individuo ao álcool considerado doença pela organização mundial de saúde o uso constante, descontrolado e progressivo de bebidas alcoólicas pode comprometer seriamente o bom funcionamento do organismo, levando a conseqüências irreversíveis. O impacto da dependência, psicológica quanto física, gerada pelo álcool interfere com a capacidade de relacionar-se e trabalhar, e pode gerar também um grande numero de comportamentos auto-destrutivo.

O constante estado de embriaguez da pessoa alcoólatra pode alterar as relações familiares e sociais, estatísticas demonstram que é uma freqüente causa de divorcio e problemas de agressões. Com respeito a problemas profissionais e uma comprovada causa do desemprego.

Apesar de ser uma droga licita e ser aceito como normal pela sociedade o álcool oferece uma serie de perigos para quem o consome e para as pessoas que estão próximas. Grande parte dos acidentes de trânsitos, comportamento anti sociais, violência domestica, termino de relacionamentos, problemas no trabalho como alteração na percepção aumentam as chances de acidentes.

A natureza do tratamento depende em grande parte da gravidade do alcoolismo do individuo. O tratamento pode incluir as desintoxicação (o processo de retirada do álcool com segurança), medicamentoso para alivio da abstinência evitando processos de recaída, terapias individuais ou em grupo e apoio aos familiares. O aconselhamento ajudam no processo de retirada do álcool e na manutenção do pós tratamento. Os efeitos do álcool variam de intensidade de acordo com as características pessoais. Por exemplo, uma pessoa acostumada a consumir bebidas alcoólicas com menor intensidade quando comparado com uma outra pessoa que não esta acostumada a beber. Um outro exemplo esta relacionado a estrutura física uma pessoa com uma estrutura física de grande porte terá maior resistência aos efeitos do álcool exemplo homem e mulher.

A síndrome de abstinência do álcool e um quadro que aparece pela redução ou parada brusca da ingestão de bebida alcoólica após um período crônico. A síndrome tem inicio de seis a oito horas após a parada da ingestão de álcool, sendo caracterizada pelo tremor das mãos, acompanhado de distúrbios gastrointestinais, distúrbio do sono e um estado de inquietação geral. Cerca de 5% dos que entram em abstinência leve evoluem para síndrome de abstinência grave, ou delírios que alem da acentuação dos sinais e sintomas caracteriza-se por tremores generalizados, agitação intensa e desorientação no espaço e tempo.

Os indivíduos dependentes do álcool podem desenvolver varias doenças. As mais freqüentes são problemas no fígado (esteatose hepática, hepatite alcolica e cirrose). Também é freqüentes problemas do aparelho digestivo (gastrite, síndrome da má absorção, e pancreatite), no sistema cardiovascular (hipertensão e problemas no coração,em alguns casos polineurite alcoólica, caracterizadas por dor, formigamento, câimbras e inchaço nos membros inferiores.

TRATAMENTO DE ÁLCOOL

O tratamento da dependência do álcool não é tarefa fácil e vai além da mera abstinência física. Numa cultura onde se coloca uma forte necessidade de aceitação social, o álcool acaba fazendo parte deste contexto. O primeiro contato com o álcool, muitas vezes é feito dentro da própria dinâmica familiar e se estendendo a outras áreas sociais como amigos, festas e outros ambientes. Tratar a dependência do álcool como a de outras drogas muitas vezes acaba não surtindo efeitos, embora seja uma doença, as características dos indivíduos usuários de álcool são diferenciadas. O álcool por ser uma droga que leva um tempo maior para o aparecimento de uma dependência, muitas vezes esse individuo conseguiu estruturar-se socialmente, e profissional na sua área de atuação criou filhos família e tem uma certa estrutura. 

A negação é um sintoma clássico da dependência do álcool, o alcoólatra está sempre arrumando desculpas para poder beber, frases como, a vida é minha, o dinheiro é meu, dei tudo o que meus familiares precisavam, e etc. são frases comuns no bebedor crônico. O que fica embriagado numa dependência do álcool não é só o aspecto físico, mas também seus sistemas de crenças e valores.

Blog

Como tratar um dependente químico em recuperação

Como tratar um dependente químico em recuperação

Quem conhece alguém que busca sair do caminho das drogas sempre se pergunta como tratar um dependente químico em recuperação. ...

Ler mais

Como funcionam as clínicas de reabilitação de drogas

Como funcionam as clínicas de reabilitação de drogas

Quando se busca tratamento para uma pessoa querida, a primeira dúvida que surge, normalmente, é como funcionam as clínicas de reabilitação de drogas....

Ler mais

Onde encontrar ajuda para dependentes químicos

Onde encontrar ajuda para dependentes químicos

Existem muitas profissões que podem ter especializações em como cuidar de quem possui um vício e como ajudar na prevenção. ...

Ler mais

Como agir com um dependente químico

Como agir com um dependente químico

Quando alguém se vicia em alguma substância química, isso pode ter um impacto negativo não só em sua vida, mas também na de seus familiares e amigos....

Ler mais