Onde encontrar ajuda para dependentes químicos


Onde encontrar ajuda para dependentes químicos

Existem muitas profissões que podem ter especializações em como cuidar de quem possui um vício e como ajudar na prevenção. Esse é um campo em que pessoas da área da saúde se destacam, já que anualmente fazem a diferença na vida de milhares de pessoas, sejam viciados ou suas famílias. Quem está nessa área trabalha duro e tem determinação para ajudar os pacientes a recuperarem a sobriedade, e isso, para muitos, vale mais que o contracheque. Saiba mais aqui sobre onde encontrar ajuda para dependentes químicos.

O primeiro lugar em que você pode buscar ajuda é com conselheiros especialmente treinados para lidar com usuários de drogas. Eles trabalham especificamente com crianças, adolescentes e adultos viciados em substâncias químicas. Juntamente com o paciente, eles identificam o vício, apontam os fatores que o levaram a buscar conforto nas drogas e podem até ajudar a montar um plano de recuperação. Trabalham, ainda, os problemas causados pelo abuso de drogas e enfrentam os problemas emocionais e comportamentais causados por ela. Seu foco principal está na recuperação do paciente.

Psiquiatras e psicólogos também são profissionais diretamente envolvidos com a recuperação de dependentes químicos. Enquanto os psicólogos tratam os padrões de pensamento da mente humana através de técnicas de terapia, os psiquiatras tratam desordens mentais que podem dar ensejo ao consumo de drogas, tais como transtornos de ansiedade e depressão, utilizando medicamentos se necessário. Eles tratam todos os comportamentos e padrões de pensamento existentes por trás do consumo de drogas, identificando os gatilhos e, com isso, preparando os pacientes para enfrentar a vida em sociedade enquanto permanecem sóbrios, e ajudando-os a desenvolverem novos hábitos de vida mais saudáveis.

Você pode, ainda, contar com assistentes sociais, que trabalham buscando locais que podem oferecer ajuda para pessoas com esses problemas. Se você tem dúvidas sobre quem é o mais indicado para tratar com o assunto em sua região, busque a assistência social de seu bairro. Alguns professores da área de saúde também trabalham em cima dos aspectos mentais e comportamentais do uso de drogas, e podem oferecer uma boa orientação sobre o melhor caminho a ser percorrido. Há, ainda, profissionais como enfermeiras e técnicos de enfermagem, ou educadores físicos e terapeutas, desde que trabalhem diretamente em hospitais e centros de tratamento.

Vale apontar que muitos centros de tratamento geralmente possuem esses profissionais em seus quadros, que podem te orientar sempre que você se sentir perdido. Visite diversos lugares, converse com os profissionais, tire todas as suas dúvidas e veja em qual lugar sentiu mais confiança e se sentiu mais acolhido. Isso é muito importante não só para saber mais sobre a doença, mas também para dar segurança para iniciar o tratamento escolhido. Lembre-se que, quando você busca tratamento para uma pessoa querida, a informação sobre a doença é a primeira coisa que você deve buscar, pois isso fará com que você entenda melhor pelo que essa pessoa está passando, e consiga oferecer a melhor ajuda possível, auxiliando-a a buscar voluntariamente o tratamento por si.